Cova Coletiva

Cova Coletiva

A poesia de João Cabral de Melo Neto (JCMN) retrata um Brasil de grandes injustiças sociais. Morte e vida severina é uma obra que retrata bem todas as mazelas vividas pelo povo nordestino. A Música “Funeral de um lavrador” composto por Chico Buarque, é uma releitura do poema composto originalmente por JCMN. No poema “Cova coletiva” mostro que até o direito do solo santo agora é dividido, nenhuma parte da terra e dada exclusivamente para os que dela hoje necessitam, o que mostra que as injustiças sociais ainda existem e precisam ser constantemente combatidas.

Um comentário sobre “Cova Coletiva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s